quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Modelo de carta de desfiliação partidária


Postei este documento, para atender a companheiros que me pedem um modelo de carta de desfiliação.
Quando a redigi, preferi alegar motivos pessoais. Mas, já vi carta em que o militante relata com detalhes os motivos da sua saída do partido.
O pedido de desfiliação deve ser protocolado na secretaria do partido e, também, no TRE.

8 comentários:

Anônimo disse...

????? QUER EVIDENCIAR O SEU REPUDIO PELO PT.ACHO QUE ISSO JA TORNOU-SE NOTARIEDADE.

Anônimo disse...

Precisa por o estado civil?
Mande um modelo de filiação.
A carta é entregue ao diretorio do partido?

Anônimo disse...

Emilio, lembro que militamos juntos participando de debates, formação, plenárias, reuniões, reuniões, reuniões.... Mas confesso que ainda não tive a mesma coragem que tivesses, quando em 2005 entregastes o teu pedido de desfiliação.
O PT que já foi um grande exemplo, hoje não passa de um partido como outro qualquer. Como o PMDB e o PSDB, por exemplo.
Parabéns pela coragem e determinação.
Não sei quem disse isso: "Siga um caminho justo que muitos te seguirão". Mas se aplica bem a ti, companheiro.
Saudações socialistas.
Melo.

Braulio Uchôa disse...

Melo!Coragem, sei que passa muitaS coisas pela nossa cabeça! As lutas dignas e vibrantes, mais isso é passado no PT. Eu já tomei essa coragem!

Anônimo disse...

Excelente explanação.
Achas que perdeste tempo , enquanto militante do PT? Creio que naõ , todos nós temos um papel a desenvolver , em algum lugar e momento de nossas vidas.(não é filosofia barata). Para ti serviu como experieência. quem perdeu foi o PT.Um um valoroso militante.
(E.C)
AIRAM

Anônimo disse...

Não sei o que se passa na cabeça de uma pessoas por deixar uma partido das possibilidades . Num partido deve-se trabalhar numa unidade de compensação de progressão, se todos abandonarem seus sonhos , seus ideais por causa de erros ocorrentes e inerentes às instituições políticas , teríamos que mudar a cada ano de partido.
Não estou a dizer que o PT é o certo, pois não o é , nem estou aquestionar sua saída es livre estou a dizer de modo geral,que uma desfiliação e algo lamentavel para o qualquer partido.

PR JAIME disse...

muito bom seu blog
www.facedavida.blogspot.com.br

Anônimo disse...

José Emilio, parabéns pela decisão. O PT já tentou ser um partido de oposição, de ideal, de defesa do povo brasileiro. A bem da verdade, hoje não passa de um partido que está institucionalizando a corrupção no país, ao invés, de condená-la. Ninguém chega ao poder político, ao poder máximo, sem fazer acordo e vender a alma, assim como o Lula chegou. Só ideários como nós, também fui do PT, para acreditar que um latifundiário chegaria ao poder por honestidade, por amor ao povo. O povo é que se lasque, e o discurso demagogo dos que permanece a frente do poder a cada dia torna mais descarado.